//Facebook----------------------------------------------------------------

sexta-feira, setembro 28, 2012

Desenho nosso de cada dia!

       Bem pessoal, recentemente eu percebi que fazer pequenas coisas todo dia é mais fácil do que se imagina, e bons resultados acabam saindo. Por exemplo: Ler um capítulo de um livro por dia. Depende da sua meta, claro.
       Eu tinha ficado um pouco desanimada com a minha situação artística, até por alguns pequenos impedimentos físicos que dificultam um pouco. Eu tinha percebido que eu não queria que meu hobby fosse meu trabalho, e larguei o desenho, a pintura. Procurei focar no que seria meu trabalho, e deixar meu hobby para outras horas. Então passei a estudar um pouco sobre 3D. Atualmente, quero focar em iluminação/composição, textura, e algo também bem divertido: Tracking. Mas isso é assunto pra outra hora. O motivo deste post é o motivo pelo qual eu larguei meu hobby.



       Comecei a ficar chateada por ver tantas obras primas, e eu simplesmente não avançava. Não ia pra frente. Oras, o motivo é obvio: Falta de estudo. Mas aí comecei a pensar: "Mas eu nunca estudei desenho, também vejo muita gente que não estudou, e está aí fazendo verdadeiras obras de arte". E isso começou a me desanimar mais e me fez querer largar de vez. Afinal, eu não sirvo pra isso. Nasci com isso? Talvez. Mas parou por ai. As vezes quem nasce (ou acha que nasce) com um "talento especial" não avança, não estuda.... Apenas faz.... Quando dá vontade. Talvez por achar que não precisa. Diferente de alguém que quer fazer, e dá seu melhor por isso. E eu fazia apenas quando dava vontade, ou seja, era todo dia.
       Na época da escola era mais fácil, afinal, é muito comum artistas trocarem algumas aulas por algumas folhas de caderno desenhadas. Ou mesas... Ah..! Essas são as melhores! Todo dia eu deixava a mesa da escola toda desenhada. Não eram desenhos pequenos. Eram grandes. Ocupavam a mesa inteira. Mas chegava ao final da aula, eu apagava tudo, ou quase tudo. Não gostava de dar trabalho para as moças da limpeza, e também não queria ficar conhecida como "a garota rebelde(?) que trocava suas aulas por desenhos na mesa". Mas depois começaram a me obrigar a deixar meus desenhos lá.
       Enfim, que que isso tem a ver? Muita coisa, oras! Eu resolvi reconhecer que para eu voltar a me animar com minhas artes, eu tenho que estudar... E muito. E praticar... E muito!  Afinal, "um passo para trás para dois à frente", correto?
       Pensando nisso, eu resolvi me propor um pequeno desafio: Fazer pelo menos um desenho por dia. Vamos ver no que dá. Gostaria de pedir para que me ajudem. Avaliem! Critiquem! Quero ver se uma pequena ação diária pode mudar muita coisa, pois acredito que sim.
       Aos que estiverem interessados em estudar desenho, se façam esse desafio. E mostrem seus resultados!
       Aos que desanimaram, como eu, faça também este experimento. Quem sabe vocês não se animam?

       Para começar meu desafio, eu me dei um tema: Maid Café! Para homenagear um anime que gosto muito: Kaichou wa Maid-Sama! 
       Durante alguns dias, vou apenas desenhar personagens femininas - de todos os jeitos: bonecas, crianças, góticas, heroína...- usando uniforme de Maids (ah, é uma graça não é? Muito, muito fofo!).
       Eu tenho uma grande dificuldade com o lado direito dos personagens (quer dizer...esquerdo deles, direito meu), e é algo que eu to tentando consertar. Sei que "não somos completamente iguais nos dois lados", mas as vezes as diferenças nos meus desenhos chegam a ser bizarras (vocês vão reparar).

       Bem, vamos ao que interessa....
       Aqui vai a primeira:

Maid #1
A idéia foi desenhar uma boneca de um jeito vazia.

E esta para adiantar:
       Esta foi no estilo mais...ahm.. "Gótico meio punk". Proporção de 7,5 cabeças.
       É, as mãos estão feias, eu sei... Eu ainda vou separar uma semana só para "pé & mão"..

Bem, novamente faço o convite: Quem estiver afim de entrar nesse desafio, pode seguir o mesmo tema :)
E claro, postem aqui. Ou mandem para meu e-mail (rayanamargon@gmail.com), para que eu possa colocar no post.

É isso aí! 
Fiquem com Deus!


0 comentários:

Postar um comentário